10 dicas para impulsionar sua marca pelo Instagram - WIS Educação

10 dicas para impulsionar sua marca pelo Instagram

Se ele um dia vai desbancar o Facebook, ainda não sabemos. O fato é que o Instagram vem ganhando cada vez mais usuários (já são 800 milhões no mundo) e já é o preferido de muitos deles.

Mas criar um perfil no Instagram só por criar e não cuidar dele direito, não vai te levar a lugar algum.

Quer saber então como usar o Instagram para potencializar de verdade a sua marca? Confira as 10 dicas que a WIS separou pra você!

 

1 – Crie uma identidade.

Defina e procure manter um padrão de cores e fontes para as suas publicações. Assim você cria uma harmonia entre elas e o seu perfil fica muito mais bonito de ser visto pelo usuário.

(E ele logo entende que é você quem está falando quando visualizar seu post no feed dele).

Importante também que essa identidade seja a mesma nas suas outras redes sociais, pra que você não tenha uma “cara” em cada uma delas.

Identidade dá a impressão de mais qualidade, mais preocupação com o público. Só não seja radical. Se a ideia para o post pedir uma cor ou uma fonte diferente por conta do contexto, adapte-se.

 

2 – Mais imagens, menos textos

No Instagram, uma imagem realmente vale mais do que mil palavras. Publique muitas (boas) fotos, de preferência sem textos sobre elas. No máximo sua logomarca, e olhe lá.

Eventualmente, claro, você publicar uma dica, trazer o preço de um produto. Mas que não seja esse tipo de publicação a única coisa que o usuário vai encontrar no seu perfil.

Construa uma relação prazerosa com seus seguidores e não seja aquele vendedor que está sempre esperando para dizer “o que mais vai levar quem comprar este produto”. É chato.

 

3 – Abuse dos vídeos

Os vídeos são tendência na Internet. Na verdade, pesquisas apontam que até 2020 (que é, tipo assim, daqui menos de 2 anos!) 80% do conteúdo consumido online será em vídeo.

Então se você ainda não tem esse hábito, pratique-o: publique vídeos!

E se você já tem, abuse dele: publique mais vídeos!

Mas como assim? Vídeos de terceiros? Não! Vídeos próprios, originais, exclusivos. Conte histórias, converse com seus seguidores.

Não precisa ser uma megaprodução: uma câmera na mão e um editor básico de vídeo já ajudam muito!

Mas se pensar em algo muito complexo, contrate alguém para produzir (roteirizar, captar as imagens, editar). Uma ideia brilhante pode gerar um resultado “tosco” por conta de uma produção caseira.

 

4 – Use as hashtags, sempre!

Elas sem dúvida aumentam o alcance orgânico das publicações porque atraem mais usuários interessados naquele mesmo tema.

Mas não engane o seu seguidor: use hashtags que tenham realmente a ver com a sua postagem. Não se aproveite de uma hashtag “popular” ou “genérica” se o conteúdo não tem relação com ela. Exemplo: #amor, #tbt, #pets.

Também evite aquelas hashtags hiper super específicas do tipo #euamotomarsorvetedeaboboracomcoconacasadaminhatia. Afinal, quem é que vai pesquisar por algo assim?

Pesquisa as hashtags que são tendência e as que estão sendo usadas pela concorrência.

E crie hashtags próprias, para identificar sua marca sua marca ou tema da campanha, por exemplo, e engajar fãs especialmente interessados em você.

 

5 – Toda hora não!

Você não precisa fazer um milhão de postagens por dia para ter resultado.

Uma a duas postagens, em horários que você entenda como estratégicos de acordo com o seu público, já são mais do que suficiente para ajudar no crescimento da conta.

 

6 – Stories e engajamento: tudo a ver com você.

É, o público realmente curte o Instagram Stories e a tendência é que o engajamento aqui só aumente.

Além disso, se você tiver acima de 10.000 seguidores, pode inserir link. E dá pra acompanhar as métricas de cada história criada!

Ou seja, você não pode deixar esse recurso de lado na hora de planejar suas publicações.

 

7 – Interaja!

Seus seguidores gostam de opinar sobre as dores deles ou sobre o seu produto nas redes sociais?

Então leia e responda a cada um deles, sempre que possível. De repente pode surgir dessa conversa uma sugestão de ouro, que vai mudar os rumos da sua produção e das suas vendas.

Também visite os perfis deles para curtir suas publicações e mostrar interesse no que eles pensam/dizem.

Ninguém deseja um amigo que só quer ser admirado, não é mesmo?

Além disso, o algoritmo do Instagram também leva em consideração a sua reciprocidade, na hora de mostrar as suas postagens para os outros organicamente.

 

 

8 – Encontre parceiros!

Sim, feche parcerias com outros perfis de marcas e produtos que tenham a ver com o seu, mas que não sejam seus concorrentes diretos. Trabalhe em promoções conjuntas. Divulgue o trabalho dele de cá, para que ele divulgue o seu de lá.

 

9 – Microinfluenciadores: por que não tê-los?

Microincluenciadores, ou influenciadores locais, são aquelas pessoas seguidas nas redes sociais pelo público da sua marca, dentro da sua área de abrangência.

A vantagem é que, por serem locais, o investimento neles para a divulgação da sua marca normalmente não é alto e o retorno pode ser excelente, já que eles têm influência sobre quem realmente interessa a você.

Muita gente confia mais neles do que em celebridades, viu?

Portanto, pesquise por esses perfis, faça contato com esses Influenciadores e experimente fechar negócio com eles. Você pode se surpreender com os resultados.

 

10 – Deixe seu público falar também!

Seu cliente fez uma foto ótima dele no seu estabelecimento e mandou pra você? Publique.

O outro mandou um vídeo com o depoimento dele sobre a experiência incrível que teve com o seu produto? Compartilhe.

Não há mal algum em usar o conteúdo produzido pelos seus seguidores ao seu favor, muito pelo contrário: esse tipo de “Prova Social” (quando outras pessoas de alguma forma expõem a preferência delas por sua marca) é uma muito, muito bom mesmo para ganhar o respeito de outros usuários.

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *