Quer mudar de carreira? Descubra por onde começar! - WIS Educação

Quer mudar de carreira? Descubra por onde começar!

Chega um momento em que a mudança de carreira se transforma em algo benéfico para a vida profissional e pessoal. Contudo, muitas pessoas têm receio por não saberem qual o primeiro passo a ser dado. Não há nada de errado nisso, mas é preciso criar um plano para mudar de carreira e tomar decisões assertivas para tudo ocorrer bem. Se você se encontra nesse momento, precisa descobrir por onde começar.

E é isso que abordaremos nesse artigo: os passos a serem cumpridos. Através de planejamento e foco, pode-se encontrar não apenas um ótimo ofício, como também contornar problemas encontrados na antiga profissão. Quer mudar de carreira? Descubra por onde começar com nossas dicas.

Construa um plano de carreira

Planos de carreira mostram onde e como começar, e quanto tempo e/ou dinheiro poderão ser gastos para fazer a transição de emprego ou área. Aqui é preciso colocar todos os objetivos no papel para impedir que contratempos possam tirar seu tempo – ou o próprio sono.

Há diversos modelos prontos de planos de carreira, assim como vídeos que te ajudam nessa parte importantíssima, para quem deseja mudar de profissão. Com um bom planejamento assentado no papel, na planilha ou no aplicativo, tudo se torna mais fácil.

Capacite-se

O mercado é exigente. Muitas vezes o profissional sai da área em que é graduado para outro setor que não tem nenhum tipo de capacitação. Por isso, em sintonia com o passo anterior, busque estar capacitado – antes, durante e depois da nova carreira.

Ou seja: não é preciso se tornar um expert do dia para a noite. Um método muito comum de pessoas que mudam de profissão é começar em cargos operacionais e, com cursos presenciais e online, ir escalando – até uma futura graduação na área, se necessário.

Vale lembrar que, cada vez mais, habilidades como criatividade, pensamento crítico, trabalho em equipe e inteligência emocional são muito valorizadas no momento de uma contratação. Às vezes, até mais do que o currículo.

Tenha uma reserva financeira

A transição de um ofício para o outro necessita que você esteja preparado para o período fora do mercado. Por isso, os especialistas recomendam que, caso não possua benefícios como o seguro-desemprego, tenha uma reserva financeira de no mínimo seis meses.

Isso amplia as opções, dá mais tempo para você se planejar e o impede de abandonar a ideia. Compare seu padrão de vida atual e, se possível, diminua alguns gastos para maximizar sua reserva financeira em prol da nova carreira.

Amplie seus contatos

Se você já decidiu qual carreira quer seguir, então é preciso criar contatos. Vá às maiores empresas, converse com profissionais de excelência na área, busque se relacionar com gerentes e diretores. Em outras palavras: faça uma imersão no novo mundo.

Não apenas há a possibilidade de você conseguir uma contratação mais rápida e direta, como também já chega preparado e conhecendo como é o trabalho na prática. Vale o destaque: isso não impede que você continue participando de processos seletivos.

Conheça a história de quem mudou de carreira

Provavelmente você deve ter um amigo, familiar ou pessoa conhecida que já fez essa transição. Converse com ela, peça dicas e entenda como foi o início até ela chegar ao ponto que se encontra.

Essa troca de informações é valiosíssima, pois pode trazer ‘insights’ que você não esperava – como a forma de se livrar de vícios da antiga profissão, os métodos de capacitação mais efetivos e o plano para gerir sua vida durante essa mudança.

Sabendo como mudar de carreira e descobrindo por onde começar, atualize-se com dicas essenciais no nosso blog.

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *