Educação é Investimento. Será?

Que educação é investimento você já ouviu falar. Mas, se a gente aprofundar, existem várias dimensões nesta frase.

1) A primeira, é que falamos investimento, mas a frase sub-entende que todo investimento deve ter… RETORNO. Mas no dia a dia a gente segue o fluxo que as pessoas nos falam e raramente fazemos avaliação sobre isso. Eu, como um “viciado” em conhecimento que sou, uma vez fui a um curso em São Paulo, de um investimento bem alto para a minha realidade naquele momento e que de forma impressionante “se pagou” na primeira hora, com um conselho incrível que me fez retornar o valor do curso 5x mais no mesmo mês. Aí sim é um INVESTIMENTO. A dica que eu te dou é, reflita o quanto o curso, Pós, MBA, vai retornar pra você, pelo menos num período de 5 anos. Você deve adicionar linhas ao seu currículo que adicionem valor ao seus rendimentos para poder chamar de investimento. Caso contrário, você está apenas seguindo o fluxo da sociedade que te diz: “Você tem que fazer isso, você tem que estudar aquilo, etc…”

2) Para investir, você deve analisar o cenário. Investimento requer bom timing, leitura do momento. Não dá pra você investir hoje numa fábrica de máquina de escrever. Então, aprenda o que, além de te dar retorno, esteja sendo procurado pelo mercado.

3) Em Cenários Instáveis, não dá muito para ficar investindo a longo prazo. Fazer planos pra 20 anos sem saber o que vai ser amanhã é coisa pra quem tem como arriscar. Se você não tem, faça investimento que te permitam  “sobreviver” aos momentos de instabilidade. Que te agreguem valor rápido para você se diferenciar da maioria.

4) OBJETIVO: Nós vivemos um modelo de educação seriada, que repete a lógica da Era Industrial. E agora estamos entrando (e a gente já ouve isso há mais de 20 anos) na era da Informação. O que isso quer dizer? Que você deve mudar sua forma de estudar. Você deve construir Hiperlinks entre cursos, livros, palestras, leitura de jornais e revistas, conversas e bate-papos, enfim, tudo que acontece ao seu redor. E para escolher tudo isso, você precisa fazer uma CURADORIA do que é importante para o seu objetivo. Afinal, o que mais temos hoje disponível é informação. E-books, artigos, blogs, etc… Então, primeiro, foca no seu OBJETIVO para então definir sua TRILHA DO CONHECIMENTO.

5) REINVESTIMENTO: O processo de investimento pressupõe frutos de lucro, de retorno. E como retorno positivo, o lucro, é muito bom, requer que para você continuar tendo retornos é necessário continuar a investir, ou melhor reinvestir. Assim, se você investiu numa graduação e hoje colhe frutos disto, é importante a continuidade desta ação. Não dá pra parar e usufruir do que você já colheu. É importante continuar a investir para continuar a ter retorno.

Espero ter colaborado no seu investimento. E te pergunto: onde você está investindo em sua educação?

 


Leonardo Carraretto é Diretor Executivo da WIS Educação e especialista em Inovação, Marketing e Comunicação.

1 Comment

  1. cartaomobile

    É sem duvidas um investimento, pois até mesmo para investir é necessário ter educação!

    Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *