As nossas vagas arrombadas de cada dia | Blog WIS

As nossas vagas arrombadas de cada dia

Você já ouviu falar da fanpage Vagas Arrombadas?

Criada pelos Publicitários Daniel Alves e Tiago Perrart, ela mostra as vagas absurdas, especialmente em comunicação, oferecidas por agências e empresas de todo o Brasil.

Falamos em outro artigo sobre o crescimento do mercado de Marketing Digital e do número de (boas) vagas surgindo para profissionais da área.

Porém essa expansão também faz com que aumentem aquelas “oportunidades” em que se exige do candidato uma série de habilidades muitas vezes incompatíveis entre si, com o cargo indicado no anúncio ou com o salário oferecido (isto quando ele é oferecido…).

 

Vagas arrombadas

 

Ninguém sabe tudo

Claro que hoje em dia a proposta é não parar de aprender e de descobrir novas possibilidades. Sempre.  Só que isso não significa que você tenha de atender a todos os requisitos de uma vaga generalista.

Imagine cuidar da estratégia digital da marca, da redação do artigo, da arte do post, da edição do vídeo, do encaminhamento do release, do desenvolvimento do relatório das mídias sociais e da publicação da campanha que você criou enquanto ainda ter de sair para visitar um cliente?

Acredite: vagas assim volta e meia aparecem pra gente. Será que você dá conta?

Não é mimimi. Lembre-se de que Não existe especialista em Marketing Digital. E que se o resultado não for tão bom quando o esperado por quem te contratou, este provavelmente vai ser o primeiro te culpar. Quem sairá queimado dessa história será você!

 

Mas há vagas piores!

E como há.

No Vagas arrombadas volta e meia eles trazem vagas simplesmente arrombadíssimas, daquelas que você pensa: quem criou esses anúncios? São todos Fake, só pode!

O problema é que não são Fake. Cada uma dessas publicações saiu da rede social de algum potencial contratante.

Provavelmente são apenas empresários, gestores e mesmo profissionais de RH mal informados sobre qual deve ser o perfil do candidato que elas precisam. Eles podem se enganar, afinal…

 

Bem, preferimos pensar assim, ao invés de acreditarmos ser proposital nos anúncios o exagero para mais nas atribuições e para menos (ou para zero) na remuneração.

 

 

Algumas vagas arrombadas chegam a ser engraçadas!

É, tem umas vagas que facilmente viram piada entre os seguidores da página.

Exemplos?

 

Tem aquela vaga de estágio em que o contratado terá de trabalhar de segunda à sábado durante todo o dia em uma clínica veterinária e ainda terá de PAGAR para estagiar. Faz sentido isso? Claro que não.

 

Ou a vaga para Web Designer em que o profissional, além de superior completo, precisa ter conhecimento avançado em E-commerce, html, CSS, flash e ainda de antemão saber que terá de trabalhar sobre pressão e com prazos apertados.

O salário? Menor do que o do Professor Raimundo! São R$ 1.200,00, para horário integral e sem vale refeição. Será que os prazos são tão apertados assim que ele nem vai ter tempo de comer?

 

E a última da nossa lista (na página Vagas Arrombadas tem muito mais) é a vaga da empresa que seleciona pessoas para trabalhar no escritório “só quando alguém faltar”, para receber “20 reais” por dia, das 9 às 18h, e “por cheque pré-datado”.

Se você não acredita, é só ir lá na página e conferir!

 

 

Fuja da Embromation!

A Fanpage também fez uma lista dos termos “me engana que eu gosto” usados nos anúncios de emprego para camuflar carga horária, salário base da função e outros direitos trabalhistas não respeitados.

Sabe aquela empresa que diz que para trabalhar nela você precisa ter mentalidade de dono?

E a que pede um estagiário com experiência?

E o anúncio que diz que você tem de estar disponível 24 horas?

 

Pense com carinho se você deve se candidatar para uma vaga arrombada ou não.

Porque trabalhar desmotivado, estressado e sem dinheiro no bolso não faz bem pra ninguém.

 

Vagas arrombadas

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *